Artigos

 Voltar à lista de artigos

LINHA DO TEMPO DAS BÍBLIAS DA REFORMA

Autor: Trinitarian Bible Society

Publicado em: 15/10/2020

31 DE OUTUBRO DE 1517 - ANIVERSÁRIO DA REFORMA

_______

  Em 31 de outubro de 1517, as Noventa e Cinco Teses de Martinho Lutero foram postadas na porta da Igreja de Todos os Santos em Wittenberg. Composta em latim e abordando os problemas e excessos que o Dr. Lutero viu na Igreja Católica Romana, este simples, mas fundamental evento foi um importante catalisador para a Reforma Protestante. Ela levou a uma poderosa obra de Deus que restaurou à Igreja um fervoroso desejo de ler, compreender, aprender, pregar, publicar e distribuir as Sagradas Escrituras e, assim, o conhecimento reavivado das doutrinas engrandecedoras de Cristo tão intimamente associadas com a Reforma Protestante do século XVI.

 

Como resultado das doutrinas recebidas na Reforma, os protestantes em toda a Europa compreenderam mais plenamente as Escrituras, e mantiveram tenazmente as doutrinas da inspiração (2 Timóteo 3.16, 2 Pedro 1.21), da pureza (Salmo 12.6, Provérbios 30.5), da plenitude (João 5.39) e da preservação (Isaías 59.21) da Palavra de Deus. Esse entendimento levou o povo de Deus a rejeitar a ideia de que Deus faria grandes esforços para dar Sua Palavra por inspiração uma Palavra que, por inspiração, é infalível somente para permitir que esta Palavra fosse destruída ou perdida com o passar do tempo. Absolutamente não. Pelo contrário, a verdade de Deus permanece para todas as gerações (Salmo 100.5).

 

Os Reformadores acreditavam que o Senhor tinha preservado Sua Palavra em pureza no Texto Massorético Hebraico do Antigo Testamento, e no que ficou conhecido como o Textus Receptus do Novo Testamento Grego. Como declarado na Confissão de Fé de Westminster em 1646, "O Antigo Testamento em Hebraico ... e o Novo Testamento em Grego ... sendo imediatamente inspirado por Deus, e por seu singular cuidado e providência mantidos puros em todas as eras, são, portanto, autênticos". Em usando a palavra "autêntico", os autores da Confissão de Westminster estavam sancionando o Novo Testamento Grego e o Texto Hebraico Massorético do Antigo Testamento, em oposição à Vulgata Latina que Roma considerava autêntica.

 

Porque a verdadeira Palavra de Deus mais uma vez se tornara autoritativa e toda suficiente como regra de conduta fé e prática para a igreja, havia um grande desejo de abrir a Bíblia ao povo. Usando recentes edições disponíveis, impressas do Novo Testamento Grego e do Antigo Testamento Hebraico, estudiosos reformados logo começaram a traduzir as Escrituras para as línguas vernáculas da Europa. Pouco tempo depois, as Escrituras começaram a sair das prensas da Europa: A Bíblia Alemã (1534), a Bíblia de Zurique (1531), a Bíblia francesa (1535), a Bíblia em espanhol de Reina-Valera (1602), a Bíblia italiana de Diodati (1603), a Bíblia holandesa de Statenvertaling (1637) e também outras. Homens tocados pelas doutrinas bíblicas recuperadas durante a Reforma contribuíram grandemente para dar aos povos de língua inglesa a Palavra de Deus: O Novo Testamento de Tyndale (1525), a Bíblia de Mateus (1537), a Grande Bíblia (1539) e a Bíblia de Genebra (1560), culminando na Versão Autorizada Rei Tiago (1611), cuja publicação talvez tenha sido a mais conceituada da Reforma Inglesa.

 

Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para  salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé. (Romanos 1.16-17)

 

LINHA DO TEMPO DAS PRINCIPAIS

TRADUÇÕES DE BÍBLIAS DECORRENTES

DA REFORMA PROTESTANTE

 

______

 

Porventura a minha palavra não é como o fogo, diz o Senhor,

e como um martelo que esmiúça a pedra?

Jeremias 23.29

 

Em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero, em maravilhosa e soberana obra da Providência Divina, definiu uma série de eventos que serviriam de catalisadores para o grande reavivamento do verdadeiro cristianismo conhecido como A Reforma. Naquele dia, suas noventa e cinco teses foram postadas na porta da Igreja de Todos os Santos em Wittenberg, Alemanha. Essas teses, sob o título " Disputação sobre o poder das Indulgências ", abordaram corrupções de longa data na Igreja Católica Romana.

 

Três anos mais tarde, Martinho Lutero foi chamado diante de um conselho da Igreja Católica Romana para responder por suas opiniões publicadas nas Teses e em outros escritos. Aqui, na Dieta das Minhocas, ele Declarou: '... Eu estou convicto pela Escritura e a razão é simples ... minha consciência é cativa à Palavra de Deus'. Por esta e outras supostas heresias, as autoridades papais o excomungaram.

 

A Igreja Católica Romana tinha durante séculos suas próprias tradições e ensinamentos como sendo mais autoritativos que as Sagradas Escrituras. A Bíblia era a própria Palavra de Deus, mas ao homem comum, preso a um sistema religioso que proibia o acesso a essas Escrituras, restavam pouca escolha, senão na ignorância aceitar o que a Igreja Romana ensinava. Ele não tinha nada diante dele para explicar corretamente o caminho da verdade.

 

Junto com Martinho Lutero, Deus levantou homens escolhidos para descobrir e estudar as Sagradas Escrituras nas línguas em que foram inspiradas e traduzi-las. As prensas de impressão tornaram estas Escrituras acessíveis aos reis e camponeses, e apresentaram-lhes a verdade, "Mas o justo viverá pela fé" (Romanos 1,17) e "que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." (Romanos 10.17)

 

A linha do tempo que se segue inclui os destaques do período da Reforma, particularmente as traduções da Bíblia nas principais línguas da época. Mas Deus também providenciou a Sua Palavra em sucessivos séculos em várias outras línguas, uma tarefa que continua há cerca de quinhentos anos depois de Martinho Lutero. Que o nosso grande Deus continue agindo assim até o dia em que toda a Sua Palavra seja cumprida.

 

LINHA DO TEMPO DAS BÍBLIAS DA REFORMA

_____

1453                Queda de Constantinopla

 

1455                Prensa de Gutenberg fez a propagação dos ideais da Reforma, tornado possível a ampla disseminação da Palavra de Deus

 

1516                Primeiro Novo Testamento em grego por Erasmo

 

1517                As Noventa e Cinco Teses de Martinho Lutero

 

1522                Novo Testamento em alemão de Lutero

 

1524-1525        Segunda Grande Bíblia Rabínica de Jacob ben Chayyim, publicada por Bomberg

 

1526                Novo Testamento em Inglês de Tyndale

 

1534                Ato de Supremacia faz de Henrique VIII cabeça da Igreja da Inglaterra

                        Bíblia Alemã de Lutero

 

1535                Bíblia Francesa de Olivetan

 

1536                William Tyndale martirizado, proclamando: "Senhor! Abra os olhos do Rei da Inglaterra"

                        Institutas da Religião Cristã de Calvino publicadas

 

1541                 Genebra torna-se um refúgio para os protestantes de toda a Europa

 

1545-1563        Conselho Católico Romano de Trento repudia o protestantismo

 

1550                Terceira edição do Novo Testamento em grego de Estefano

 

1560                Bíblia em Inglês Genebra

 

1569                Bíblia em Espanhol Reina

 

1579-1593        Bíblia Checa Kralice

 

1588                Bíblia em Galês de Willian Morgan

 

1590                Bíblia em Karoli Húngaro

 

1598                Quarta edição de Beza do Novo Testamento Grego

 

1602                Bíblia em Espanhol Reina-Valera

 

1603                Bíblia italiana Diodati

 

1604                Conferência em Hampton Court

 

1611                Versão Inglesa Autorizada (Rei Tiago)

 

1632                Bíblia polonesa de Gdansk

 

1637                Bíblia Holandesa Statenvertaling

 

1638                Bíblia em Grego moderno

 

1681                Novo Testamento em Português de Almeida

 

1707                Biblia Francesa de Martin

 

1753                Bíblia em Português de Almeida

Rua Júlio de Castilhos, 108 - Belenzinho - São Paulo/SP CEP: 03059-001

Telefones:
São Paulo: (11) 2693-5663
Outros locais: 0800-12-4008

Email: sbtb@biblias.com.br

A BBN (Rede de Radiodifusão Bíblica) existe para levar conteúdo cristão de qualidade por meio do rádio. Pregações, músicas e devocionais são transmitidos durante todo o dia, para edificação do povo de Deus.

A Trinitarian Bible Society (Sociedade Bíblica Trinitariana) foi fundada em Londres em 1831, para a glória de Deus e o crescimento de Seu reino. Hoje, a Trinitariana tem sede em seis países.

A Sociedade ao redor do mundo:

Site Inglês Site Espanhol Site Catalão Site Francês

Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil, Casa João Ferreira de Almeida, Rua Júlio de Castilhos, 108 - Belenzinho, São Paulo · Tel.: (11) 2693-5663

?>